Experimentando de onde parte  e de  como são construidos os movimentos no meu corpo .

– Trabalhando com um pulso em oposição ao movimento.: pulso interno lento- movimentos rapidos, pulso interno rapido – movimentos lentos.  Começo a perceber um movimento outro, um movimento que parece não pertencer ao corpo.

– Percebendo  de que parte do corpo pertence o movimento  e qual intensidade de   cada movimento:   pele,  ossos,  musculo…

– Fragmentar o corpo.

–  Respiração.

Anúncios