Retomando os ensaios e processando essa viagem intensa cheia de encontros importantes. Agora retomar as imagens construidas e pensar nelas e como agir nelas. Pensar sobre as imagens projetadas, penso que elas não podem ser a afirmação do movimento, do que já esta lá, ela é outra coisa que faz parte de um lugar mas em outro lugar. Retomo sempre esta questão e sei disso, só ainda não sei como fazer e fico pensando em uma frase que a Andrea me mandou da oficina do João Fiadeiro”Muitas vezes agimos só para afirmar aquilo que já temos”.

Anúncios