Ontem filmamos. É bonito ver o Felipe filmando. Fiquei pensando na questão que ele coloca para mim; o corpo que filma. Percebi que nele  a câmera é um prolongamento dele mesmo e depois pensando e vendo as imagens é como se tudo pertencesse a um só corpo como se a partir dele tudo fosse prolongando, quem filma , a maquina e o que ou quem é filmado e imagino que vai indo até o outro   que vê  . A imagem é tudo isso, mas ainda sobra a questão de onde ela esta. Ontem no momento em que estava sendo filmado? Ou antes na ideia de filmar? quando assistimos na tela  , no projetor , na nossa visão, agora na memória ou dentro da caixinha do mini DV?  em cada um que vê? Ou no final a imagem é uma questão pessoal e de momento?

Anúncios