Ontem foi a primeira vez que abri o meu ensaio e hoje é a primeira vez que abro as minhas anotações pessoais.

  Escutei de quem assistiu que  diferente do solo antigo onde trabalho com a imaginação dentro neste o imaginario esta fora. Adorei!!! Tornar visivel o invisivel e a questão de onde esta o movimento, dentro, fora, antes, depois, agora. Escutar a musica pelo movimento, enxergar a imagem pelo movimento, perceber o movimento pela sugestão… o movimento sendo prolongado pelo outro. A dança sendo construida sem estar ali….

Anúncios